Revista do meme acadêmico brasileiro

Revista do meme acadêmico brasileiro

Porque?

Temos esta justificativa em duas linhas:

pelo processo de simplificação das coisa. Dentro da escrita acadêmica pode-se observar a redução do tamanho dos trabalhos de conclusão de curso e dos materiais publicado nas comunicações. É bem interessante observar comunicação em pôster. Pois em uma síntese composta não só de texto, mas de imagens para a ilustrar em aproximados 1m² um fragmento de uma pequisa. Esses pôster se fazem cada vez mais presente nos corredores de importantes eventos acadêmicos, cada vez mais integrando pesquisadores e suas pesquisas. Mas e no ambiente virtual, como gerar uma conexão ágil, intuitiva e simpática? Em busca dessa resposta que lançamos a nossa revista.

por observar a ralação das comunicações e a sociedade. Fato que ser curto e objetivo cada vez mais permeia no campo do discurso, das rede sociais podemos observar o sucesso do Twitter, com seus 140 caracteres, os memes, até a ascensão de políticos de suas frases de efeitos e jargões. Em vez de seguirmos para a distopia, vamos na direção da utopia? Aqui há a crença de que trabalhar para a universalização do saber será uma contribuição para um futuro melhor.

Como?

Sendo uma revista eletrônica, que que seja de maior interesse dentro do ambiente acadêmico, mas que gere interesse no grande público. A forma de se aproximar daquele que está distante dos termos de um discurso especifico é o apresentando fragmentos simples, objetivos e de forma lúdica. A exemplo disso as informações que voam nas telas por WhatsApp e demais redes sociais. Essas informações voam de gota em gota no imaginário popular e assim se fazem presente como verdades por onde passam. Acreditamos que é mais interessante que evidências cientificas pareçam mais como verdades popularmente aceitas do que achismos que atendem ao interesse de poucos.

Integração com as redes sociais é fundamental para atender aos nossos objetivos. Desta forma a busca por tecnologias que facilite o compartilhamento do conteúdo será uma constante. Como também a facilidade de acesso de nosso conteúdo em todas os dispositivos usados em larga escala.

A estrutura da revista

A estrutura terá como foco as postagens, consequentemente a revista terá a apresentação cronológica, publicações mais lidas e também as linhas temáticas. Por ser uma meio eletrônico a separação por edições fachadas não se faz necessário, então teremos as publicações do mês.

Cada publicação será apresentada da seguinte forma:

  • Título;
  • imagem ilustrativa (o meme);
  • Texto curto de até 280 caracteres para a apresentação do meme;
  • Título do trabalho original;
  • Resumo e “Abstract” de até 500 caracteres cada, referente ao trabalho de que o meme se referencia;
  • Informações sobre o meio da publicação original;
  • Link de acesso e demais informações para o acesso ao trabalho original;
  • Avaliação Qualis Capes da publicação original, quando cabível.

O custeio da revista

A universalização do saber é uma máxima desta revista, para isso o acesso do conteúdo será gratuito, assim como a publicação também! Porem ainda há custos envolvidos para a operação da plataforma: servidor, suporte, atualizações, manutenções, etc. Para esses custos convidamos para a contribuição consciente recorrente ou pontual.

Participe!

Você pode submeter seu meme: https://forms.gle/B3XFaLaMR56p8VKZA

Contribuir com a nossa revista: https://benfeitoria.com/projeto/revistadomemeacademicobrasileiro

Para todos os outros assuntos pode entrar em contato: contato@areditora.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.